A importância da Fisioterapia no dia-a-dia






O que é a fisioterapia?


A Fisioterapia consiste no restabelecer da funcionalidade do indivíduo, que se pode ver alterada por pequenas ou grandes lesões, patologias severas, condições adquiridas com a idade ou de carácter laboral.


O que é que faz um fisioterapeuta?


Um Fisioterapeuta avalia a funcionalidade do corpo da pessoa, para depois poder traçar um plano de tratamento adequado às alterações que o indivíduo apresenta. Mais do que perceber o que a pessoa “tem”, que normalmente vem mais do diagnóstico médico e exames complementares de diagnóstico, o Fisioterapeuta tenta perceber o “porquê” daquela condição ter surgido, para que essa falha possa ser corrigida, de forma a evitar quadros recidivos. Por exemplo, uma pessoa tem uma tendinite, e um Fisioterapeuta vai tratar essa tendinite, mas tem também de perceber porque é que ela surgiu, para corrigir o fenómeno que a desencadeou, de forma que não se repita.


Que tipo de tratamentos podemos fazer com um fisioterapeuta?


Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, a Fisioterapia não atua apenas no campo neuro-músculo-esquelético, ou seja, não se limita a tratar apenas alterações musculares ou articulares. É, realmente, uma das principais áreas de intervenção, especialmente na área de Ortopedia, mas a Fisioterapia atua também no tratamento de patologias respiratórias; reabilitação cardíaca (nomeadamente após Enfarte Agudo do Miocárdio); reabilitação neurológica, como nos pós-AVC ou Paralisia Cerebral, Medicina Laboral, através da avaliação da ergonomia dos locais de trabalho e atividades laborais; Saúde da Mulher, na preparação para o parto e na reabilitação pós-parto; Uroginecologia, no tratamento de incontinências urinárias, tanto do homem como da mulher. Existe ainda a área Dermatofuncional, que é a que estuda e trata o maior órgão do nosso corpo, a pele. Nela dedicamo-nos a perceber todas as disfunções que estão ligadas à pele e estruturas com as quais esta interage, fazendo uma ponte para a área da Medicina Estética e Reabilitação pós-cirúrgica, esta última muito importante para garantir o sucesso de qualquer cirurgia, a longo prazo.